Bahia é derrotado no primeiro Ba-Vi de 2017

Bahia é derrotado no primeiro Ba-Vi de 2017

834
0
Bahia
Fonte: Felipe Oliveira/Divulgação/ECBahia

Bahia é derrotado na Fonte Nova no primeiro Ba-Vi de 2017

O Bahia saiu em desvantagem no primeiro tempo, teve um jogador expulso e não conseguiu empatar.

O Bahia foi derrotado por 2 a 1 no primeiro Ba-Vi da temporada de 2017. Na Fonte Nova, o Esquadrão saiu atrás na primeira etapa, diminuiu no segundo tempo, mas não conseguiu evitar o revés no clássico.

Com a derrota sofrida, o Esquadrão fecha a primeira fase do Baiano com 21 pontos, na segunda posição, contra 30 do Vitória.

O JOGO

A partida foi iniciada em clima nervoso, com ambas as equipes se estudando nos primeiros minutos e com um princípio de confusão aos sete minutos. A primeira chance de gol aconteceu aos 25 minutos, pelo lado rubro-negro, em finalização por cima.

Com menos posse de bola ao longo da primeira etapa (38%), o Tricolor tinha dificuldades para armar jogadas e, com isso, pouco finalizava à metade adversária.

O primeiro chute do Bahia aconteceu somente aos 35 minutos, em uma forte cobrança de falta de Juninho, que acertou no gol adversário, mas parou em defesa do arqueiro rival.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Tricolor foi surpreendido com dois gols em um curto espaço de tempo.

VITÓRIA ABRE VANTAGEM NO FINAL DO PRIMEIRO TEMPO

Aos 44 minutos, Armero conseguiu evitar o que seria gol contra de Tiago. Mas, no rebote, a defesa tricolor não conseguiu evitar o gol de Cleiton Xavier.

No último lance da primeira etapa, o sistema defensivo tricolor voltou a falhar ao deixar o zagueiro Kanu com espaço para cabecear e ampliar o placar para o time o Barradão.

SEGUNDO TEMPO

Já no segundo tempo, o Bahia sofreu a perda o zagueiro Tiago, expulso logo no primeiro minuto de jogo após cotovelada em atacante adversário. Para compor o espaço vago na defesa, Guto tirou Allione e colocou Lucas Fonseca em campo.

Em desvantagem no placar e no número de atletas em campo, o Esquadrão voltou a

assustar em nova cobrança de falta perigosa de Juninho, aos oito minutos,

novamente defendida por Fernando Miguel.

COM UM A MENOS, BAHIA DESCONTA E TENTA EMPATE

Aos 12 minutos, o Bahia se lançou ao ataque pelo lado direito do ataque. Eduardo cruzou rasteiro e o zagueiro Alan Costa chutou para as próprias redes, dando um alento para a torcida tricolor.

Mesmo com um jogador a menos em campo, o Bahia demonstrou disposição nas tentativas de buscar o gol de empate. Aos 30 minutos, Eduardo ganhou mais um lance pelo lado direito e cruzou, mas desta vez a defesa rubro-negra salvou.

O goleiro Anderson salvou o terceiro gol adversário aos 33 minutos, fazendo grande defesa em chute de Paulinho. Aos 38, Juninho cruzou bola na área, mas Hernane, pressionado, falhou na finalização.

Nos minutos finais, o Tricolor incomodou mais uma vez em nova falta cobrada por

Juninho, buscou pressionar a defesa adversária, mas não foi suficiente para evitar a

derrota.

 

Comentarios

comentarios

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta