Campeonato Baiano: Juazeirense vence a primeira fora de casa

Campeonato Baiano: Juazeirense vence a primeira fora de casa

1899
0
Juazeirense

Braz marca de cabeça e Juazeirense vence o Flamengo, por 1×0, em Guanambi

A tão esperada primeira vitória na temporada chegou! Na estreia do técnico Paulo Sales no comando da equipe, o Cancão se impôs e bateu o Flamengo, por 1×0, no estádio Dois de Julho, em Guanambi, e venceu a primeira no Campeonato Baiano.

Jogo bastante equilibrado e sem grandes emoções na primeira etapa. O Flamengo esperava a Juazeirense que optou por explorar os contra-ataques. Esperado, já que o técnico Paulo Sales lançou o time com Sassá, Robert e Júnior Chicão na frente, além do meia Everlan na armação das jogadas. A formação funcionou e o trio de ataque dava trabalho pra defesa do Flamengo.

O gol da vitória não demorou para sair.

Everlan levantou bola em cobrança de falta e o zagueiro Braz subiu bonito para

estufar as redes no Dois de Julho! Os donos da casa tentaram esboçar uma reação,

mas o sistema defensivo do Cancão estava ligado.

O goleiro Tigre, em mais uma boa partida, fez boas intervenções.
O segundo tempo teve a mesma dinâmica do primeiro. O Flamengo tentava criar e o Cancão apostava nos contra-ataques. Sassá perdeu boas oportunidades. Paulo Sales teve que mexer no time por problemas físicos, mas não recuou o time. Robert e Júnior Chicão deram lugar para Diego Ceará e Danilo Bala. O Cancão perdeu diversas oportunidades, mas segurou o resultado e comemorou a primeira vitória na temporada! No próximo domingo, a Juazeirense muda e chave e foca na Copa do Nordeste.

A equipe viaja até São Luís-MA para encarar o Sampaio Corrêa. Pelo Baiano, recebe o Atlântico, na quarta (15), no Adauto Moraes.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO DE GUANAMBI: Léo; Edvan, Teles, Java e George; Galhardo, Gaúcho, Dalmar (Diego Recife) e Jô (Hernane); Josi e Bruno Carvalho (Caíque). Técnico: Ednaldo Oliveira.
JUAZEIRENSE: Tigre; Nen, Júnior Gaúcho, Braz e Elton Lira; Waguinho (Patrik), Capone e Everlan; Sassá, Robert (Diego Ceará) e Júnior Chicão (Danilo Bala). Técnico: Paulo Sales.
Estádio: Dois de Julho, em Guanambi.
Gols: Braz, aos 16 minutos do 1º tempo.
Cartão amarelo: Capone, Nen e Everlan (Juazeirense).
Público: 1.105 presentes.
Renda: R$20.160,00
Arbitragem: Reinaldo de Santana, auxiliado por Marcos Welb e Juliana dos Reis.

Comentarios

comentarios

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta