Circuito Mestre Bimba recebe mais de 20 mil pessoas por dia

Circuito Mestre Bimba recebe mais de 20 mil pessoas por dia

303
0

No segundo ano como circuito oficial do Carnaval, o Circuito Mestre Bimba (Nordeste de Amaralina) recebe, em média, cerca de 20 mil pessoas por dia durante a folia.

No Mestre Bimba, a festa teve inicio na quarta-feira (22) e segue até a manhã da Quarta-feira de Cinzas (28) com o arrastão, que em nada difere dos circuitos mais conhecidos como Osmar (Campo Grande) e Dodô (Barra-Ondina).

Circuito Mestre BimbaBlocos adultos e infantis, camarotes e paredões sonoros fazem parte da festa.

“Além disso, temos um acréscimo econômico muito grande aqui

na região. Toda a festa gira em torno dos moradores. São eles que

fazem os camarotes, os blocos e comercializam produtos

específicos, gerando uma renda a mais para as famílias,

aquecendo a economia local e municipal”, destaca o coordenador

da Prefeitura-Bairro da região, Raimundo Castro.

A festa conta com toda a estrutura disponibilizada pela gestão municipal, como banheiros químicos, iluminação, além de dois minitrios disponibilizados pela Empresa Salvador Turismo (Saltur).

“Esse é o primeiro ano que a Prefeitura-Bairro faz parte desse

processo e estamos com toda a infraestrutura montada com os

órgãos de apoio, com o objetivo de fazer um Carnaval ainda

melhor que o ano passado”, completa castro.

Como surgiu 

Idealizador do bloco infantil Pirulito, primeira agremiação do bairro, fundado há 13 anos, Marivaldo Nascimento, conhecido como Pixito, foi um dos que lutaram para que o circuito fosse oficializado pela Prefeitura.

Segundo Pixito, a própria comunidade começou a se reunir e fazer uma festa na localidade.

Foi então que os blocos começaram a surgir, assim como os camarotes, e no ano passado passou a fazer parte dos circuitos oficiais da folia.

“Agora temos mais apoio, as atrações estão melhores e temos uma festa completa, o que nos deixa bem felizes. Os moradores não saem daqui para a folia. Temos até arrastão aqui mesmo. Isso para nós é uma grande conquista”, destacou, orgulhoso.

O melhor do Carnaval na localidade é a participação da população, final de contas essa é uma festa do povo para o povo.

“Por isso, todos os nossos blocos são daqui e muitas atrações que

cantam também são da comunidade”, conclui.

Quem foi

Manoel dos Reis Machado, o Mestre Bimba, nasceu em Salvador em 23 de novembro de 1900.

Criador da Capoeira regional, ao perceber que a capoeira estava perdendo seu valor cultural e enfraquecendo enquanto luta, Mestre Bimba teve o seu primeiro contato com a modalidade ainda criança quando iniciou a carreira na Estrada das Boiadas, atual bairro da Liberdade.

Foi um dos capoeiristas mais conceituados em sua época e um

lutador temido por conta da sua capacidade. Foi ainda “cantador”

e percussionista.

Comentarios

comentarios

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta