Geddel passa mal, chora e é levado para ala médica

Geddel passa mal, chora e é levado para ala médica

111
0

Pressão arterial do ex-ministro chegou a 19 por 10, mas mesmo assim ele permaneceu algemado a um outro detento, de idade avançada, e foi obrigado a caminhar lentamente.

Desde a última sexta-feira (8), quando foi preso preventivamente, em um condomínio de luxo em Salvador (BA), Geddel Vieira Lima ocupa uma das celas do Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.

Depois do constrangimento durante sua chegada ao presídio, quando teve de ficar completamente nu, diante de uma equipe de agentes, para que fosse feita a revista completa, o ex-ministro tem sido visto chorando, constantemente, segundo a colunista Lilian Tahan, do site Metrópoles.

geddel

Nessa segunda-feira (11), acabou passando mal e precisou ser levado à ala médica. Lá, teve a pressão arterial aferida: 19 por 10. Apesar do quadro, Geddel permaneceu algemado a um outro detento, de idade avançada. Por causa disso, foi obrigado a caminhar lentamente.

O ex-ministro cumpria prisão domiciliar, mas teve a preventiva decretada pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira,

da 10ª Vara Federal de Brasília, em uma nova fase da Operação

Cui Bono, depois que a Polícia Federal encontrou mais de R$ 51

milhões atribuídos a ele, em um apartamento na capital baiana. O

proprietário, Sílvio Silveira, confirmou, durante depoimento, que

emprestou o imóvel a Geddel.

A Operação Cui Bono investiga esquema de fraude na liberação de créditos da

Caixa Econômica Federal, no período entre 2011 e 2013. De acordo com a

investigação, entre março de 2011 e dezembro de 2013, a vice-presidência de Pessoa Jurídica da instituição era ocupada por Geddel Vieira Lima

Comentarios

comentarios

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta