Prefeito inaugura primeiro posto de saúde da Capelinha de São Caetano

Prefeito inaugura primeiro posto de saúde da Capelinha de São Caetano

17
0

Com a estrutura, sobe para 205 o número de postos de saúde construídos/reformados pela atual gestão

atendendo a uma reivindicação histórica da comunidade da Capelinha de São Caetano, o prefeito ACM Neto e o secretário

municipal da Saúde, José Antônio Rodrigues Alves, entregaram na manhã desta quarta-feira (03), a primeira Unidade de Saúde da

Família (USF) da região, que agora passa a ser totalmente climatizada e equipada para o atendimento integral da atenção básica na região.

Com mais de 400 m² de área construída na Rua da Glória, 143 (ao lado da Escola Municipal Antonio Carvalho Guedes), o posto

tem capacidade para atender a 16 mil pessoas da localidade e adjacências, através de quatro equipes completas compostas por

médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de saúde bucal, além de agentes comunitários que realizarão visitas domiciliares diárias.

O prefeito ACM Neto destacou que Prefeitura já soma uma série de entregas nos primeiros dias de 2018.

“Vejam que glória. Vamos terminar a primeira semana do ano

entregando um posto de saúde, uma praça e uma escola no município de Salvador.

Faremos tudo isso em apenas três dias porque no nosso governo o lema é um só: seguir o passo na saúde, na educação, na

infraestrutura, melhorando a vida das pessoas na capital baiana”, comemorou.

Com a implantação deste equipamento, sobe para 205 o número de postos de saúde construídos e/ou reformados pela Prefeitura em cinco anos.

Durante a solenidade de inauguração, José Antônio Rodrigues

chamou a atenção para o empenho da gestão em ampliar a oferta

dos serviços de saúde no Distrito Sanitário São Caetano/Valéria.

O gestor ainda teceu críticas ao governo do Estado pelo fechamento da única unidade de emergência que funcionava na região.

“Quando assumimos a gestão, esse distrito tinha pouco mais de 10% de cobertura em atenção básica.

Hoje, temos 57% da população dessa região assistida pelos serviços básicos, fora a instalação das Unidades de Pronto Atendimentos 24 horas.

Nesse momento em que a Prefeitura empreendeu todo o esforço

para viabilizar novos serviços, é importante dizer que a única

unidade pública do estado que existia na comunidade fechou,

enquanto o município inaugurou duas UPAs na região nos últimos

cinco anos”, pontuou o secretário.

Comentarios

comentarios

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta