Torcida uruguaia se rende ao futebol da Seleção Brasileira

Torcida uruguaia se rende ao futebol da Seleção Brasileira

228
0
Torcida
Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Mesmo assim, a torcida uruguaia mostrou o tamanho do respeito que tem pelo futebol da  Seleção Brasileira nesta noite de quinta-feira no Estádio Centenário.

Antes mesmo de a bola rolar, uma torcida com mais de 55 mil uruguaios presentes fizeram um silêncio absoluto durante o hino nacional brasileiro. Respeitaram o momento como poucos.

Depois, já durante a partida, torceram por sua equipe como era de se esperar. Comemoraram o gol de Cavani, brincaram com os brasileiros, mas sempre de forma sadia.

Foi quando o resultado começou a mudar de lado, com o Brasil conseguindo a virada, que os torcedores uruguaios se renderam ao talento brasileiro. Postura sacramentada com o golaço de Neymar, por cobertura.

Os uruguaios que assistiam ao jogo próximo à reportagem do Site CBF fizeram questão de se manifestar.

– É muita superioridade, que time – disse um senhor.

– Neymar é um fora de série, que golaço! – completou seu amigo.

O silêncio da torcida que se seguiu, sem se incomodar com a festa da torcida brasileira, mostrou classe e respeito ao futebol brasileiro. Por uma noite, o Centenário foi brasileiro, mas muito por conta do respeito uruguaio.

Meia marca 3 gols num só jogo pela primeira vez

Uma noite especial para qualquer brasileiro que gosta de futebol, mas para o meia Paulinho foi mais do que isso. A partida de quinta-feira (23), no Estádio Centenário, representou mais do que uma goleada num clássico sul-americano.

Para começar, um golaço para empatar a primeira partida que o Brasil saiu atrás no placar desde a chegada do técnico Tite e sua comissão. Chute de fora da área sem chances para o goleiro Martín Silva.

Foi ele também quem completou o chute de Roberto Firmino, após rebote do goleiro, e colocou o Brasil na frente do Uruguai diante de um estádio lotado para empurrar o time da casa.

Quando a partida já se encontrava nos acréscimos, Paulinho ainda completou um passe magistral de Dani Alves com o peito e deu números finais ao jogo.

O que isso significa?! Que pela primeira vez na carreira Paulinho marcou três vezes num jogo. Mais além: foi o primeiro jogador de uma seleção visitante a conseguir tal feito no lendário Estádio Centenário.

Está de parabéns?

– Não sabia desse dado aí não, mas posso dizer que foi difícil – brincou o meia.

 

Comentarios

comentarios

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta