Usuários de aplicativos de namoro fornecem dados pessoais a desconhecidos

Usuários de aplicativos de namoro fornecem dados pessoais a desconhecidos

70
0
aplicativos

10% das contas mostraram até o endereço residencial

Uma pesquisa realizada pela Kaspersky Lab em 32 países mostra que 13% das pessoas que usam aplicativos de relacionamento, como Tinder, Happn e outros, costumam revelar dados pessoais como nome completo, perfis de redes sociais ou endereços residenciais e de trabalho após uma conversa de poucos minutos.

O estudo revelou também que usuários desses apps tendem a ser duas vezes mais suscetíveis a fragilizar a segurança do seu dispositivo instalando malwares e facilitando roubos de informações e de identidade.

Como explica o “TechTudo”, o levantamento foi realizado com por meio de um questionário online com 21.081 usuários com mais de 16 anos, em 32 países diferentes. Os dados analisados correspondem a uma amostra de 6.458 pessoas que admitiram usar aplicativos de encontro.

A consultoria alerta para o fato das informações do perfil em aplicativos nem sempre são seguras. Segundo a Kaspersky, muitas pessoas revelam dados sensíveis sobre elas mesmas de forma pública:

10% dos usuários mostraram seu endereço residencial

10% mostram detalhes sobre seu trabalho ou família

15% compartilham fotos suas ou de familiares

9% mostram imagens íntimas

Comentarios

comentarios

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta